Carvão, Enxofre e Salitre

Matanza

exibições 77.366

Não faltam juízes que nos condenem
Como não faltam mandados de busca
Deixam o claro medo que sentem
Até nossa sombra os assusta

Só porque assaltamos seus bancos
Porque delapidamos seus bens
Porque nós explodimos as pontes
E descarrilamos seus trens

Só que não tem parede que nos separe
Não tem cadeia que nos segure
Não tem nenhum santo que nos perdoe
Nem diabo que nos ature

Nós somos como água suja que não há processo que filtre
Juntos somos carvão, enxofre e salitre
Juntos temos mãos sujas que não há confissão que absolva
Com pouca pressão, é natural que se exploda

Não tem rotina para o fugitivo
Não tem lugar totalmente seguro
Quem precisa lutar pra estar vivo
Enxerga melhor no escuro

O som de tantas mortes ecoa
Ao longo de tantos anos de luta
A munição que usamos é boa
E a boa vontade, bem curta

Só que não tem parede que nos separe
Não tem cadeia que nos segure
Não tem nenhum santo que nos perdoe
Nem diabo que nos ature

Nós somos como água suja que não há processo que filtre
Juntos somos carvão, enxofre e salitre
Juntos temos mãos sujas que não há confissão que absolva
Com pouca pressão, é natural que se exploda

Terra Música feedback