Pequenos Homens

Mv Bill

exibições 4.588

[ MVBILL ]
Um dois, um dois testando som Mv Bill está em Casa
Juntamente com meu parceiro Japão
Viela 17, um dois, um dois testando som
E com você, representa

[ Japão ]
Ser pivete na favela é so poblema, vive desacreditado
pouco estudo muito esquema.
Só pó, só merla, só álcool.
O sonho é tá montado num carro importado
Destaque o olho vira, tá com pulso acelerado
No ronco 6 caneco, so viajem, so estrago
Escola o tempo e melhor e tem parceiro
Caderno so pra seda, so loucura, som maneiro
No rap moleque segue a trilha desde cedo
Cantor vira vapor e cliente e ele mesmo
Pra tar no visual, relogio loco é isso mesmo
Rolé em uma pajero se mosca nois senta o dedo
Sem caô...Já era esse sonho de doutor
No rastro da cobra, piso olho de aguia moró
É tem extinto tá ligeiro tudo averá
Moscão pede arrego, se é playboy então já era
Não teme policia muito menos fala grossa
Pipoca sem papo é roça, madame sorriu destroça
Tá no coviu, o lobo na empreita tío, vira fumaça nem
me viu bati carteira no Siu

[ MV BILL ]
Refrão (2x)
Pequenos homem que não temem o perigo, mané
Que tão na pista traficando defedendo um qualquer
Não tem sonho, contam com a sorte
Viaja na onda, mas caminha na estrada da morte

[ MV BILL ]
É japão o bagulho tá doidão
Os moleque no apetite sonhando em virar ladrão
Na condição boladão, uma alma vai embora
A lata de merla estraga por dentro e por fora
Com ódio do mundo que o ignora
Faz suas leis, tu sabe que eu também sei
Garoto novo, preto, com sotaque de favela tá preparado
pra guerra
Cada instante pode ser a sua hora
Considerado e odiado onde mora
Quem tá se acostuma, porém quem e de fora se apavora
pela vida implora
Agora que o monstro nasceu você não dividiu, tão de
olho no que é seu
Se liga na fita moleque
Que o anjo virou bicho e de pístola fuma beck
Nas ruas da "CI" niguem em conto eu vi, abandono tipo
aqui na CDD
Não e dificill de se ver mesmo assim eu sobrevivi
Sendo a exceção na regra que não favorece
Juventude na favela sociedade esquece
Quando cresce é lembrado com frequencia
Vida referência, representante da violência
Com consequência, pra quem vive ao seu redor
Já tá na desvantagem e ainda leva a pior
Então se liga só
Ambição em alta voltagem
Já fico no prejuizo, agora que vantagem

[ MV BILL ]
Refrão (2x)
Pequenos homem que não temem o perigo, mané
Que tão na pista traficando defedendo qualquer
Não tem sonho, contão com a sorte
Viaja na onda, mas caminha no caminho da morte

Terra Música feedback