Avassaladoras

Paulo Ricardo

exibições 13.020

Em cada janela, uma luz acesa
Em cada coração solitário, a incerteza
Aqui dentro o tempo parece que não tem mais fim
E lá fora agora alguém espera por mim

Se as coisas são como devem ser
Avassaladoras serão nossas vidas então
Quando eu não caibo mais em mim
O mundo cabe na palma da minha mão

Cada passo que repito, não é igual ao de antes
O que ficou para trás é o que me leva adiante

Se as coisas são como devem ser
Avassaladoras serão nossas vidas então
Quando eu não caibo mais em mim
O mundo cabe na palma da minha mão (4x)

0 comentários
Terra Música feedback