Cidade De Neon

Pregador Luo

exibições 7.250

Cidade de Neon, sejam bem-vindos!

Daqui eu vejo a cidade iluminada pela luz de neon
Prédios, ruas (...)
População infectada pela fera das trevas
Numa terra onde ninguém conhece ninguém
Aperto de mão, sorrisos falsos,
Sonhos fracassados, vocabulário ultrapassado,
O mundo ensina que o melhor é enganar,
Mentir, roubar, matar, atirar
Projétil disparado contra os valores morais, intelectuais
Vamo' entender quando liga na TV
Mulheres semi nuas, famílias expostas sem lógica
Invasão audiovisual, proposta, jogatina
O nosso povo precisa é ler mais a Bíblia
Se livrar do Faraó, do mundo moderno

Frieza, ódio no olhar
Os quilates das correntes não irão te salvar
Utilitatos, engatilhados, HK
Será apenas um som no infinito
O ego da alma congelada grita por socorro
Será que estou ficando louco?
Não me vendo, não me calo,
Como os Montes de Sião eu não me abalo
Nem Osama Bin Laden derrubaria o adorador!

Olha pra mim! E diz o que você vê!
Correr pra quê?

REFRÃO
Daqui eu vejo,
As luzes da Cidade de Neon,
Daqui eu vejo,
O que é mal, o que é bom
(2x)

Renegados, mutilados pelo pecado
Estão no alvo, contaminados
'Cê acredita?
Troca munição do rifle Israelita
Reflita!
Prostituição, alcoolismo, degradação dos irmãos na missão
Kamikaze, não perde viagem derruba tom
E o poder, ninguém tá de passagem, 'cê quer ver?
Hospitais sem atendimento,
Mendigo de frio, morre ao relento tipo um vírus
Atrax, criança de overdose quando fuma crack
Homicídio culposo
Mulher, abandonada foi traída na Babilônia louca madrugada
Não pega nada, é tudo acessível
Político, corrupto, de terno vendido

Tem gente ruim,
Tem gente boa,
Mas eu tô vendo que ninguém aqui tá à-toa
Jogador de futebol:
Dinheiro, mulher, carro, luxo, fama
Criança no farol vende doce, cadê a grana?
Saia da lama, não entra em coma
Tudo que aparenta não é o que se vê
Violência, crime, chacina, TV
Ilusão, em busca do cifrão,
Se você quiser mais, tem a dança do milhão

No vapor tem uma pá no terror de HK
Granada holandesa servida no jantar
Sete calo a mil
Descendo a imigrantes, valorize suas esposas,
E não as amantes
Como diamantes, lapidado com o mais belo valor
Sua alma resgatada de volta ao Senhor
Talento tem um monte por aqui, também morou
Tá na pista?
Tem um pá de músicos e os evangelistas
Artes cênicas, dança, teatro
Atleta lutador conquistando seu espaço
Vem no vácuo!
E firme na estrada do bem
Um caminho de glória
Rumo à Jerusalém
Vem! Vem! Vem!

REFRÃO
Daqui eu vejo,
As luzes da Cidade de Neon,
Daqui eu vejo,
O que é mal, o que é bom
(2x)

Ou você cai com a Babilônia
Ou brilha na luz de Jesus
Só vai ficar de pé quem tá firmeza na cruz
Dando um rolê pelas ruas é que dá pra perceber
Que o bicho ta pegando, é dois palitos pra morrer
Nas ruas do Capão, em torno de Santo Amaro,
No Brasil inteiro e não somente em São Paulo
Em qualquer lugar do mundo cão que é devorado
As cidades estão sujas, estão contaminadas
Tem seringas no chão, tem gente na calçada
Tem maldade no ar, malícia na jogada
Tem ódio nos olhares, a morte reina nos bares,
Homens de gelos e mulheres vulgares
Tá tudo frio, todo mundo se perdendo,
A cidade tá sangrando, a cidade tá morrendo
Deus do céu está vendo mas ninguém tá nem aí pra vê-lo

Eu vivo na Babilônia, mas sou de outra pátria
Eu tô morando aqui, mas eu tenho outra casa
A cidade não pára, a cidade só cresce,
O de cima sobe e o de baixo desce
Capitalismo do inferno que deixa o povo cego
Mais tão certo quanto o furo dos pregos
Que estavam nas mãos do mestre
A Babilônia vai cair, vai ser o fim da peste

REFRÃO
Daqui eu vejo,
As luzes da Cidade de Neon,
Daqui eu vejo,
O que é mal, o que é bom
(2x)

Terra Música
feedback