Letras de músicas - Letras.mus.br

O Rap Em Ação

Projota

As veiz eu sinto um calafrio,
Como se me dissesse: "se prepara que a casa caiu...
Tó, pega seus bagui, porque agora é tarde demais
Pra garimpar seus erro em terra de memória que ficou pra trás"
Nem sei, se já perdi e chegou no fim
Ou sou eu memo exigindo muito de mim
Pô, difícil num ter como ver suas conta paga
E sentir que sua falencia emocional vai gerar uma vaga
Mas...
No que você faz... Ter que largar...
Assistir o filme do fim da sua vida sem piscar
Daí vejo que é assim com todos em todo lugar
Vou largá o rap pra trampá, se hoje quem trampa larga pra roubar?
Não! Se é pra perder nem entro em campo
Sempre disseram pra eu ir trabalhar até que eu vi que
Esse é meu trampo
Agora, escuta, sente e divide
Tenho uma fabrica de sonhos na cabeça, leva esse de brinde
Que eu tô montano filial pelo mundão
Tô nos ouvido dos que é mais vagabundão
Tô dominando todos fundo de busão
Os moleque balançando as cabeça sozim são meus irmão
Irmão, o tempo passa, viu?
Lembro os neguim dizeno que eu era o futuro do brasil
No rap e agradeço à vocês
Não me sinto o melhor, mas sou um deles, a profecia se fez

Ooo.. Ooo... oooo... ooo...
Vem cá, vem pra, provar, pra ver,
Sentir o prazer de ser...
"O rap em ação!"

Ooo.. Ooo... oooo... ooo...
Vem cá, vem pra, provar, pra ver,
Sentir o prazer de ser...
"O rap"

E eu nem me sinto líder de porra nenhuma
Ser responsavel de outras vida, se já é difícil com uma
Tô só captando as parada que todo mundo vê
O que me difere é a forma de como eu mostro pra você
Alguns vão me chamar de gênio, otros de charlatão
Mas assim foi também com camões e platão
E as estatística diz que era pra eu tá morto essas hora
Mas eu escapei das bala, agora os bico se apavora
Porque, eu não fiquei calado, nem desencorajado
Se eu fui ameaçado, não desviei pro lado
As rádio não me deram apoio pra chegar nos lares
Mas de ouvido por ouvido hoje movimento milhares
Que tão, acompanhando com sinceridade
Se vocês fosse meia duzia eu lutaria com a mesma vontade
Porque eu sou um trabalhador
Que sabe que só fazer rima não te faz um mc
Te faz um falador
E hoje eu tô trabalhando a milhão
Pra botar meu trampo na rua com meu coração
Sinto que não é mais que a minha obrigação
Sei que o maior talento que alguém pode ter é a dedicação
O rap tem valor pra quem se identifica, tio
Se tá me ouvindo, entrou no fogo, agora fica
Pode tentar correr, pode tentar gritar
Se abaixar o volume eu vou até aí falar
Vai tentar me conter, vai tentar me calar
Vai mandar me prender, vai mandar me matar
Vai fazer igual com sabotage, mas rap nunca se finda
Pra calar os bico hoje a voz dele tá mais alta ainda

Tamo na luta por espaço no bagulho
Lugar pra fazer barulho, nóiz que o mundo já esqueceu
Fiz essas rima que das quais eu me orgulho
Fiz a batida de embrulho toma que o presente é seu

Sou um soldado de calça larga e capuz
Não me intimido com as luz, nem com barulho de sirene
Porque o primeiro a rua é nóiz foi Jesus
Prenderam as mão dele na cruz pra num poder fazer o n!

Composição: Sabe quem é o compositor? Envie pra gente.
Enviada por Letícia
Legendado por marinap
63.421 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais