Saber Jogar (part. Apolo)

Projota

Aê família, meu nome é projota
Apresento pra vocês, dois amigos meus
Akira, rio de janeiro , apolo, pentágono
A rua é nóiz tio !

Pra todos os becos e vielas, asfaltos e favelas
Cadência nas levadas igual samba da portela
Atividade nas calçadas, nego vê quando da trela
Vai trancar a sua porta, invade pela janela
Mundo louco seletivo, nêgo em eterna disputa
Não adianta ter discurso, se não tem a conduta
Dizem que é irmão, mas são filhos da....
Quer puxar meu fundamento, vê nos dois lados da dutra
Se tu não corre te passam, ficou parado-ultrapassam
Só eu sei o que passo, tu vê em cada compasso
Respiração ofegante, do iporanga ao abrantes
O bicho pega, modifica e nada é mais como antes
Depois só choro e lamentação
A vida te surrando e tu sem reação
Sem forças pra levantar, tu permanece deitado
Nunca quiz se levantar, aprendeu a ser rebaixado

Se a vida quer te surrar
Quem é que vai te ajudar
Cê tem que saber correr,
Cê tem que saber jogar pra não cair
Se a vida te levar prá onde o bicho pegar
Cê tem que saber correr, "cê" tem que saber jogar

Eu truco pelos verdadeiros, vamos buscar ostento
Fazer investimento pra que cada esquina seja uma são bento
No lamento, não, eu tive imaginação, sem dinheiro eu aprendi a encharcar os papelão
Por areia nas latinhas pra pesar, saber ganhar
Sabendo perder foi que aprendi a rezar
Dei valor, pra quem me deu amor e curei cada dor, a noite nas conversas com o senhor
Várias merdas eu fiz, aprendi no tapa, afogo as magoas num copo de garapa
Do lauzane ao grajaú, rio de janeiro à (?)
Os manos me conhecem, as minas mais ainda
Sou amigo mais íntimo dos loucos desse mundo porque quando me olho no espelho enxergo cada vagabundo
E na melhor hora eu trinco outra vez, não caio no blefe dos blef pelo povo eu grito seis

Eu sou real, mas não preciso provar pra ninguém
Cara normal, não pago pau, já sei quem é quem no jogo
Brinco com fogo, olho no olho, vão sobrar poucos no meio do bolo pra contar história, fazer como eu faço
Alcançar a glória com a força do trabalho, eu vou vencer tio
Fazer o que se a fama é consequência e se as minas desse até o chão e os (?) dispensa não (haha)
Time do loco é minha vida e nunca vai mudar, chega akira, chega projota, chega pra somar
Com os amigos, tamo envolvido, pedrin e dash já pagou a conta então tá tranquilo
Não vou deixar de correr, não vou parar de jogar
Não vou querer me vender, mas se alguém tem que ganhar então que seja firme e que o malote venha recheado
Meu nome, é apolo, muito obrigado

21.932 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais