Mesmo assim

Realidade Cruel

Irmão quantas vezes tive que na tristeza sorrir
Prosseguir, superar, nunca desistir
Onde só o amor contrói castelos
Progresso aqui felicidade eu espero, sucesso
Um brinde aos que sobreviveram aos que se foram
Pelo certo, justiça aos verdadeiros,
Aos que sofreram não se renderam á opressão...
"- Não,não"
Vida nova aos nossos irmãos ,então
Em meio á toda essa vaidade sei que é dificil
Manter a postura e a simplicidade nessa cidade
Onde o futuro é incerto ,onde as vezes
O orgulho mancha de sangue o concreto
Sem nexo por tão pouco vi,
De perto várias vezes aqui o demônio sorri
E acabar com vários lares ambição ,política
Cadeia, álcool, química corrói famílias
Indisciplina, sangue inocente segue o negreiro
Injustiça fere minha alma tudo aqui é dinheiro
Não é segredo que a paz deixou de existir
MESMO ASSIM eu amo isso aqui...

[Refrão]
Ventos que sopram no horizonte, sopram sobre os montes
Traga a paz aqui,quantas vezes tive que na tristeza sorrir
E assim proseguir...2x

Recentemente, observando a vida intensamente
Analizando os comportamentos que levam a mente
Carente aqui a se destruir estupidamente
Infelizmente mortes nas ruas angústia frequente
Mentes que ignoram os conselhos de mãe..de mãe
letras de músicas que a vida compõe
É impossível ver aqui alguém progredir
Refén da vida bandida irmão ,fala ai!
Como funciona sua conciência no travesseiro
Diz pra mim se só vc dorme direito
Trêta o tempo inteiro,lembrança dos enterros
Uma par de cara bom que o crime levou muito cedo
Dá medo cotidiano infiél ,traiçoeiro
Quantos parceiros seu mesmo pelo certo morreram
Não enriqueceram,quais foram os que venceram
Crimes ,parabéns milhares de mãe choraram em enterros
Seus erros por mim nunca foram aceitos
Suas drogas reduziram o indíce de desemprego
Cê esta feliz se a paz deixou de existir...de existir
- MESMO ASSIM eu amo isso aqui...

[Refrão 2x]
Ventos que...
*Sopram no horizonte, sopram sobre os montes
Traga a paz aqui...
Quantas vezes tive que na tristeza sorrir
E assim proseguir*

Barato é louco ò mesmo que tudo aqui vai de mau a pior
Aonde os sonhos vira pó, vejo que somos um só
Comigo milhões e milhões ,mesmo raciocínio
Mais tudo perdido ninguém se ajuda é dificil
Nos exílios ,nos campos de batalha,pelo menos
Nossos sorrisos de volta até a faixa de gaza
Mais nada ,só a paz valeria se o respeito recíproco
Prevalessece um dia, sorria a felicidade dizia!
Como é possível se há milhões de barrigas vazias?
Só veneno, sufuco, corda no pescoço
Sujeitaram nossos filhos aos crimes dolosos
É louco viver na merda de um país falido
Onde impóstos é revertidos em dedo no gatilho
Político bandido, sonhar não faz sentido
Com os pulsos algemados nosso orgulho é ferido
E digo por mais que tudo pareçe perdido
Sempre existe uma saída irmão fique tranqüilo
Fé em DEUS porque a PAZ deixou de existir
MESMO ASSIM eu amo isso aqui...

[Refrão 2x]
Ventos que...
*Sopram no horizonte, sopram sobre os montes
Traga a paz aqui...
Quantas vezes tive que na tristeza sorrir
E assim proseguir*

Composição: Flagrante/Douglas · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Flávio
14.320 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais