Letras de músicas - Letras.mus.br

Aqui é favela

Realidade Cruel

Sangue bom não é por nada não, mas o jogo é cruel e
covarde. Quantos sanguinários vi? Quantos outros Bin
Laden conheci sendo enterrados com menos de 25? Loucos
na casa de cambio explodindo o distrito. Do que valeu
ser exemplo de vida no crime precoce? Ter cocaína e
mulher, carro do ano e revolver e ainda ser herói dos
moleque mais novos da vila e acabar sozinho no
cemitério da vila Albina. É lamentável! O sistema é
implacável, traiçoeiro, só te quer catando lata ou
dando ripa de lixeiro. Se humilhando no sol quente com
a carroça de papelão pra não representar perigo pra
herdeira da mansão dos Abravanel, não é mel é
pior do que fel, cê não tá na Disneylândia pra
brincar nos carrossel.

Aqui é favela, só tiro, bandido, tráfico e guerra
misturados com cadáver e caixão no pó da terra. Aqui é
favela favela. Aqui é favela favela. Aqui é favela
favela. Misturados com cadáver e caixão no Pó da
terra. Aqui é favela favela. Aqui é favela favela.
Aqui é favela favela. Misturados com cadáver e caixão
no Pó da terra.

O que que é diz pra mim que faz evitar a sua morte?
Uma ilha no atlântico, a blindagem da Explorer ou
vegetar em órbita num busão espacial. Só assim pra
escapar das rajadas de fuzil FAL. É indiscutível, eu
sei chama atenção seu conversível, escritórios de
factory e postos de combustível, pra quem não tem uma CG
e muito menos uma Twister, só uma rapa de passagem no
DVC e o mudo do crime. O que sobrou? Ódio lapidado e
só desejo incontrolável, daqueles que fazem rasgar
blindados. É clic pooou e outro miolo espatifa. Outra
S-10 cabine dupla que vira isca, na mão de quem não
teve bike ou vídeo game, apenas um estilingue com
pente que cospe 13.
Na favela é só tiro bandido trafico e guerra
misturados
com cadáver e caixão no pó da terra. Aqui é favela
favela. Aqui é favela favela. Aqui é favela favela.
Misturados com cadáver e caixão no Pó da terra. Aqui é
favela favela. Aqui é favela favela. Aqui é favela
favela. Misturados com cadáver e caixão no Pó da
terra.

É diferente pra nós, que somos sobreviventes, vê um burguês torturado na saída da aula de tênis... vê na TV uns 10 boys espancando outro boy, jogando viaduto, na verdade meu coração não dói. É louco mas a violência que hoje cresce é por um motivo: a falta de emprego e educação nesse país falido... Não sou eu que canto rap que criei a polícia que só mata, soldado, demônio da lei, bomba nuclear, lotação nos presídios,desigualdade social, droga, assassinos; crianças passando fome, famílias na rua, guerra por petróleo, armamento que explode. Nunca, apenas mostro como espelho pra você enxergar que o bagulho ta doido e por mais que eu tente mudar, na favela é só tiro bandido trafico e guerra
misturados
com cadáver e caixão no pó da terra. Aqui é favela
favela. Aqui é favela favela. Aqui é favela favela.
Misturados com cadáver e caixão no Pó da terra. Aqui é
favela favela. Aqui é favela favela. Aqui é favela
favela. Misturados com cadáver e caixão no Pó da
terra.

13.810 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais