Letras de músicas - Letras.mus.br

Cego De Jericó

Rodox

Não sei se estou vivo ou não
Tirando a areia dos meus olhos,
Vi meus pés longe do chão
Corpo leve como algodão
Mundo morto ninguém sente
Mas eu vejo diferente

Se tudo está aqui e o meu corpo não morreu
Pura verdade, grande é a transformação
Eis que vem o peso do toque da mão de quem
Esteve lá quando eu estava só
Mais de uma vez, eu só quis ficar bem
E fiquei bem melhor
Quem criou o céu e o mar...
Ao acordar não terás o nó
Que o prende às leis
Vi a queda de reis perante um nome só
É por amor que ainda existo
Hoje renascido em Cristo Mais um cego em Jericó

Sei que me ouviste quando ajoelhei no chão
Pedi perdão e disse adeus ao homem triste
Vou me entregar a Ti
Por tudo que aconteceu
E pelo que há de vir
Quando segurou a minha mão
Finalmente eu soube que era o Deus vivo quem
Esteve lá quando estava só
Mais de uma vez, eu só quis ficar bem
E fique bem melhor
Quem me ensinou a amar....

Ao acordar não terás o nó
Que o prende às leis
Vi nas trevas o rei que se achou maior
Que o poder que eu tenha visto
Grande é o nome de Cristo
E quem se humilha como Jó
É por amor que ainda existo
Hoje renascido em Cristo
Mais um cego em Jericó
Se faça como previsto
O poder do Sangue de Cristo
Vai te levantar do pó
Gloria à Deus!

Composição: Rodolfo Abrantes · Esse não é o compositor? Nos avise.
121.665 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais