Cinzeiro Amigo

Teixeirinha

exibições 6.878

Cinzeiro amigo velho pedaço
De bronze
Tu guardas cinzas dos cigarreiros
Que fumei
Cinzeiro amigo não falas
Não és indiscreto
Me ouves ficas bem quieto
Não contas as vezes que chorei

Este cinzeiro meu amigo
Que te falo
É quem disfarça a minha
Triste solidão
Juntinho dele é que procuro
A esquecer
De quem magôou o meu pobre
Coração
Cinzeiro amigo em cada ponta
De cigarro
Reprisa a história tirada do
Peito meu
É um romance de tristeza e amargura
Que estou sofrendo por alguém
Que me esqueceu

Cinzeiro amigo na expressão
Mais comovida
Meu companheiro das noites
Que não tem fim
Quando a fumaça nos ares
Vai se perdendo
Estás sabendo que ela já
Esqueceu de mim

Talvez um dia ela lembre
Com saudades
Deste infeliz que lhe amou
E a bandonaste
E este crime tu vais ler
Na consciência que o meu amor
Era só teu e tu mataste
Cinzeiro amigo nas horas que
Estou mais triste os restos
De cigarros tu vais acomulando
Ela talvez um dia ela acomule a tristeza
E vai falar neste cinzeiro
Soluçando.

Terra Música feedback