Barulho de Balaio

Xiru Missioneiro

exibições 327

Vou me achegando neste meu tranco de ganso
Danço e balanço solta caco da boteja
Eu sou mais calmo do que água de remanso
E mais tranqüilo do que vigário na igreja
Mas no momento que o meu pala for pisado
Viro os arreios, pois nunca pedi bexiga

Eu não costumo pagar vale pra barbado
E nem tampouco dar pensão pra rapariga (2x)

Pai me acordava com o estouro do marca touro
E é por isso que se rodar eu não caio
Que um missioneiro não agüenta desaforo
E nem se assusta de barulho de balaio (2x)

E a vida véia tudo levado na breca
Que um touro bravo escarva a terra
E não me ataca
Ponta de adaga procura e não me esgualepa
Meu corpo é fechado e não é bainha de faca
Eu não sou desses de dar confiança pra pierro
Pois fui criado atarentado traduzana
Sou diplomado na escola de martin fierro
Tchanga larife gasta a fala e não me engana (2x)

Pai me acordava com o estouro do marca touro
E é por isso que se rodar eu não caio
Que um missioneiro não agüenta desaforo
E nem se assusta de barulho de balaio (2x)

(e ainda mais trazendo a marca de são luiz gonzaga, tchê)

Terra Música
feedback