Mágoa Sentida

Zilo e Zalo

exibições 2.006

Valsa

Tu bem sabes que vivo sofrendo
Com a minha alma dolorida
Tu bem sabes que ando bebendo
Pra esquecer das tristezas da vida.
Mas enquanto no peito eu tiver
Por você o calor da paixão
Facilmente não posso mulher
Arrancá-la do meu coração.

Sei que um dia teu orgulho tomba
E você não zomba mais de ninguém
Meu desejo é ver-te chorando
De pranto banhando igual eu também.

Eu não sei o que eu fiz de mal
Pra viver desprezado por ti
Fui sensato amoroso e leal
E no entanto só dor recebi.
Ao findar a maldita bebida
Volto num desespero profundo
Sem o teu carinho mulher
Nada mais eu espero do mundo.

0 comentários
Terra Música feedback