Letras de músicas - Letras.mus.br

Boca De Bascúi

3 um Só

Boca de bascúi, cu, cu, cu se cuide (se cuide se cuide). Cu, cu, se cuide boca de boca de cu, se cuide, boca de bascúi.

Sem sorte corre dos becos pra rua pra se livrar, faz a fuga se esquiva se curva do mal dos brinquedinho que fura quem ta na cola louco se desenrola a fita é da hora na rua os boca de bascúi apavora sem dar nó e o que vem pro só frevo no gueto e o de menor que assumiu o B.O, na quina os boca de bascúi que sempre cai nas vitamina com as vista meio baixo no embaço da neblina vai alem só não pode dar mole pois se pisou em falso va, vagabundo sobe, de glock os louco que vem na cola que sabe que a fita e forte o molho ta mil grau, e só não cai quem não envolve.

(Refrão)
Boca de bascúi, boca de bascúi, quem fala o que quer, sente o que não quer, só os. Boca de bascúi, boca de bascúi, quem fala o que quer, sente o que não quer só os. Boca de boca de cu, se cuide, boca de bascúi.

(Se cuide) Sem sorte corre os boca de bascúi na neurose na mira da Glock que sempre se fode sem sorte, sem sorte corre na senhora madruga na rua flutua e corre da bura que é pura (é pura), sem sorte corre os boca de bascúi na mó goela que cai na viela, favela é quem cobra os vexa, sem sorte corre louco quem é a rua mostra que é somente os boca de bascúi no beco que, sem sorte corre vixi jhow rasga essa mala no gueto deu brecha vagabundo na reta aqui não deixa falha, dispara, mostra a cara tem dó de nada mosco é um, dois sem pose pra ver o flash da maquina, que cê quer procede já ta igual dos gambé de butuca a paisano na rua ai pó correr pro cê vê que lei aqui não deixa se envolve os boca de bascúi num é pelo certo aqui. Sem Sorte corre.

(Refrão)
Cu, cu, cu se cuide (se cuide, se cuide), cu, cu se cuide.
Boca de bascúi, boca de bascúi, quem fala o que quer, sente o que não quer, só os. Boca de bascúi, boca de bascúi, quem fala o que quer, sente o que não quer só os. Boca de boca de cu, se cuide, boca de bascúi.

(Se cuide) Mosca de boi deixa de falar besteira, seu vacilão acorda e não dorme na beira vive tirando onda com seus cordão de lata (ai vagabundo também num atira) só conversa fiada, pra piora lá na favela paga de bandido (há, há ganhei o tiozinho ai só no grito) a sai pra lá seu pela saco vê se rala os peito que ser destaque na favela toma três no peito, aqui no gueto os dedo de gesso vai botando medo pois quem mata mais ganha medalha honra é desse jeito, já passei veneno mais to no sustento aqui sem fita errada, moral de homem eu sempre tive nunca deixei falhas, tipo os canalha que assalta quem não tem nada atrasa lado nego ativo sai da minha aba, aqui num é look nem boqueta vem mexer com os pobre favela é o crime, no crime nego se fode.

Boca de bascúi, cu, cu, cu se cuide (se cuide se cuide). Cu, cu, se cuide boca de boca de cu, se cuide, boca de bascúi.

2.470 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais