Maré Morta

Edu Lobo

exibições 711

Maré morta, quebra-mar
o horizonte sem chegar
nos rumos vagos de Belém
um norte, um canto de outra cor
em tudo, tanto, a minha dor

Maré morta, quebra-mar
o horizonte sem chegar
nos rumos vagos de Belém
um gesto, um jeito me lembrou
em tudo, tanto, o teu amor
teu amor

Lá na Costa eu fui buscar
sêda e prendas pra te dar
vou agora nesse vento (BIS)
sigo a noite , sigo o tempo
eu sigo a lua nova para te encontrar
para te encontrar nos campos de alegria

Varanda aberta, perto o mar
virando o vento sem parar
entre os rosarios do luar
um gesto, um jeito me lembrou
em tudo, tanto, a minha dor
a minha dor
minha dor

0 comentários
Terra Música feedback