A Mil Anos Luz da Paz

Facção Central

exibições 15.288

Queria uma porta de emergência pra fugir do martírio
Um arredoma de vidro anti ódio e míssil
Me sinto num avião em pane indo pro penhasco
Contagem regressiva pra corpo mutilado
No lugar do arco íris, um pelicano da civil
Caçando um suspeito, nos cano esgoto do rio
Não tem sucrilos kelocks no café matinal
Só cortejo seguindo o carro do funeral
Só o gol do time do peito trás o sorriso
Ou 1 real no farol pra eu limpar seu vidro
Respeito chama g11 mira telescópica
Faixa de campeão é inimigo na necropsia
Não me conformo em ta tentando erradicar a fome
Rico pagando de primeiro mundo porque tem mais telefone
Do sabonete ao papel nado vem do estado
Então porque será que o preso custa tão caro
Porque 800 mil pivetes no crime no trampo escravo
Fim do questionário é algum sigilos bancário
Fizeram as coabs pra me tirar do centro
Não combino com os prédios com os monumentos
Com a rede de hipermercados cadeia fastfood
Não jogo golfe não sou membro de clube
O plano era meu exílio no campo de extermínio
Separatismo pro boy viver tranqüilo
Só que o efeito colateral foi incontrolável
E o sangue derrubou o muro de Berlim do empresário
Cansou só ter um radio de pilha sem pilha
Por isso quero 1 Milhão pra eu libertar sua filha
Hoje morro e mansão têm uma relação diplomática
Lucrativo em todas estações pra agencia funerária .
O filho joga em Roland-Garros ta na escola de ator
Mas só vê a paz no filme que alugou

Refrão:
Se conforma com a paz atrás da cerca elétrica
Se por o pé pra fora plá plá já era . (4x)

Com pincel e tela invés da glock
O moleque ia expor no metropolitam de nova York
Não deixa o artesão escritor pegar a faca
Pra rasgar cliente do market sul de Plaza
Ter faculdade publica se é ex-presidiário
É só pros do Mackenzie que a multi da estágio
Foda-se meu inglês noção de informática
Pra Volks pra Ford só boy merece vaga
Me trás a balança de precisão
Só traficando vou comer ravióli de faisão
Grava meu telefonema pro perito da unicamp
Vou derreter com cocaína o filho da madame
Morte pra puta ostentando na caras sua gargantilha
Seu sorriso clareado a laser pelo dentista
Pra vaca estressada é semana no espá
1.015 por cabeça pros filhos ir acampa
O Brasil finge não ver a mãe implorando pro trafico
Pra deixar seu filho ser soldado
Pra enfim comprar a goma de 2 quartos
Comprar o que quiser na porra do mercado .
Aqui o sonho é ser membro de quadrilha
Que vinga a morte do seus metralhando o carro de policia
Que faz o general piscar o cu e ficar quieto
Com o ladrão catando os rifles do quartel do exercito
Vou pra Renascer fazer fortuna com a bíblia
Pagar com dizimo advogado pros processos na justiça
Jesus você foi pra cruz em vão
Pra com seu nome comprarem rolls royce e mansão
Olho gordo de político se cura com hk
Pra que catar o que nem em 10 vidas da pra gastar
Como na copa eu não atirei em nenhuma cabeça
Não tive tv pra ver a volta olímpica do Penta .

Refrão:
Se conforma com a paz atrás da cerca elétrica
Se por o pé pra fora plá plá já era. (8x)

Composição: Facção Central · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por carlinhos, Legendado por niggi
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música
feedback