Letras de músicas - Letras.mus.br

Guerreiro

Oriente

Um guerreiro tem um propósito inflexível
Esta apto a ver o que pra muitos é invisível
Vence o medo pra dizer tudo que é indizível
Estuda seus movimentos e nada é inacessível
Atinge linhas de percepção que transcendem o nível
Com elas percebe todo o imperceptível
Toda ação é bem feita com mínimo de tempo infalível
Cria possibilidades que beiram o impossível

Se perguntarem de mim fala que não sabe dizer
Agora eu vou pro tudo ou nada
É vencer ou vencer
Se perguntarem de mim fala que não sabe dizer
Agora eu vou pro tudo ou nada
É viver ou morrer

E tu rema passa das bomba
Ressaca brava te tomba
As onda zomba contigo
Perigo é saber a responsa

E a rodada a vida ilumina passagem
Aprecio a paisagem
Uma rima, uma mina, vazia cidade
Madruga, esquina onde encontro meus lares

Bares e praças, lugares sagrados
Ou templos onde se escrevem sonetos
Lá aproveito todo o meu tempo
Podia ficar em casa só vendo a noite passar
Ou dormir pra tentar fugir do que eu encontro ao acordar

E sei que toda essas coisas
Nem merece explicação
Enxergo com a visão torta
A porta da percepção

Filosofia mostram
Que a faca que desata
Que corta suas algemas
É a mesma que te mata

O que difere o remédio e o veneno
É a dosagem
E seus umbigos sagrados
São apenas uma passagem

Sera que cê sabe
Que eu existo antes da terra
E que meus olhos vermelhos
São do sangue de guerra

Minha juventude já vai indo
Eu vou vendo o ano passando
Futuro, planos bem vindos
Trazido pelo destino
Já vier sentido
Que o vento que vem soprando

Eu sabia pela mudança
Lembrança da tempestade
Traria essa bonança
Balança da vida mede
Se atreve em aprender a verdade
Mudaram alguns bagulhos
Alguns só se firmaram
Permaneceram onde tavam
E os fatos só modelaram
Eu tô ligado

Se perguntarem de mim fala que não sabe dizer
Agora eu vou pro tudo ou nada
É vencer ou vencer
Se perguntarem de mim fala que não sabe dizer
Agora eu vou pro tudo ou nada
É viver ou morrer


Um guerreiro é impecável
E deixa todos serem como são
Não tem nenhuma influência
E nunca dá opinião
Diz o que faria se fosse a sua situação
Cabe ao outro decidir se isso
É melhor ou não

Um guerreiro não precisa
De ajuda pra manter a vida
Ajuda pra crer um guerreiro
Tem tudo que ele precisa
Se for precisar de algo
Nos tempo que tão por vir
Rapidamente tem o que quer
Ou algo pra substituir

Sabe que em cada gota de chuva
O sentido é profundo
E que não é imortal
Mas tem todo tempo do mundo

Um homem comum vê no olho do outro
O seu espelho
Um guerreiro enxerga o reflexo
Nos olhos dele mesmo

A vida como um trem
Que passa todo apagado
Cada um tem oque tem
O que tenho no beat
Eu trago

Cada pedaço de mim
Pensa com um ar mais pesado
Cada poste que eu passo
Com minha energia eu apago

Pensando numa mudança
Com a cidade parada
Cada neurônios de um mc
Pesam uma tonelada
Revolução de um mundo
Que vive em conto de fada
Mas nossa revolução
Não é televisionada

O suicida que vive
Sem saber oque é viver
Que quer todas as parada
Mais não conhece o querer

Um zumbi que pode tudo
E o que quer poder
As ruas gritam socorro
Mais ninguem vai socorrer

Refrão 3x

Se perguntarem de mim fala que não sabe dizer
Agora eu vou pro tudo ou nada
É vencer ou vencer
Se perguntarem de mim fala que não sabe dizer
Agora eu vou pro tudo ou nada
É viver ou morrer

Um guerreiro não é cordial, muito menos arrogante
Tem a experiência de um mestre e a sorte de um principiante
Tem as palavras de um sábio, um sorriso no lábio
Olhar fixo e penetrante
Não fala do passado pois já tirou o aprendizado de todos os erros de antes

Composição: Sabe quem é o compositor? Envie pra gente.
Enviada por Thaynara
Legendado por mell
32.552 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais